Quem não tem cão, caça com gato

2
O verão chegou e com ele esse sol escaldante que todo mundo só pensa em curtir. Quem não tem casa nas praias aqui pertinho no litoral sul e nem tem dinheiro pra gastar lá, fica nas bandas daqui mesmo dos riachos, cachoeiras e brejos, que é o que não falta nesses lados de cá...
De Palmares até Bonito, o que não falta é lugar lindo de se ver e banhos de água geladinha...
Cachoeiras são opção as praias e todo mundo vai correndo pra lá...

Por estradas e trilhas, visitantes chegam a rios, nascentes, barragens, riachos e cachoeiras de tamanhos e intensidades variadas situadas no município de Bonito. O circuito de visitação realizado pelos guias da região inclui sete cachoeiras, todas muito próximas, começando pelo Véu da Noiva 1 e Pedra Redonda, onde é possível tomar banho dentro de uma gruta. O passeio segue pela Cachoeira do Engenho Barra Azul, com uma queda do Rio Verdinho, com 15 metros de altura, e piscinas naturais.

Depois, o turista continua pela Cachoeira do Paraíso Mágico (parte do Bonito Ecoparque), da Corrente e Véu da Noiva 2. O acesso aos locais é por estrada asfaltada e de terra. A primeira parada fica a 12 quilômetros do centro da cidade. Para entrar nas cachoeiras, é preciso pagar uma taxa de preservação, que varia de R$ 2 a 10. Bonito oferece boa estrutura de pousadas e hotéis-fazenda, assim como áreas de camping, com diárias a partir de R$ 30. Se for viajar no fim de semana, é bom fazer reservar. Os preços das diárias também aumentam.
Conheça mais:

Aqui o site do Ecoparque Bonito
Aqui o site do Refúgio do Alto Bonito


 .
Fonte: G1

2 comentários:

SHEYLA - DMULHERES disse... [Responder Comentário]

Oi, Teresa
Que coisa boa, ver uma pessoa de nossa terra, mostrando ao mundo o que ela tem de melhor!! Parabéns pelo post. Adoro Bonito e sempre que posso estou por lá.
Uma semana incrível, bjoss
Sheyla.

Ministério da Saúde disse... [Responder Comentário]

Olá!
Sempre é hora de combater a dengue. Juntos podemos mobilizar a população sobre a importância de se prevenir contra o mosquito Aedes aegypti, mantendo hábitos simples como limpar calhas, caixas d’água, recolher o lixo e nunca deixar pneus ao ar livre para não juntar água.
Por isso, faça um post nas Redes Sociais, divulgue a hastag #combatadengue e compartilhe essa informação com seus amigos, parentes e vizinhos. A sua contribuição é fundamental para o sucesso desta campanha.
Caso tenha interesse em divulgar algum material da campanha, entre em contato através do e-mail comunicacao@saude.gov.br.
Saiba mais sobre a campanha no site: www.combatadengue.com.br
Você também pode nos seguir no Twitter: www.twitter.com/dengue_MS
Estamos também no Facebook! Confira: www.facebook.com/minsaude?sk=app_110819375702256


Obrigado,
Ministério da Saúde